O que 5000 cálculos da revisão da VIDA TODA me ensinaram (para Advogados)

0
256


Se tem uma coisa que eu posso te dizer é que nem tudo que escrevem na internet sobre a tese da revisão da Vida Toda é verdade.

Na MH elaboramos mais de 5.000 cálculos da revisão da Vida Toda e descobrimos coisas valiosas que podem e vão te ajudar a ter resultados ainda maiores trabalhando com esta tese de revisão.

Então vamos lá:

Dica 1: Não existe uma regra definida para saber se o cliente vai ter aumento no benefício ou não com o cálculo.

Desconfie de profissionais que dizem a você que sabem exatamente os aposentados que vão se beneficiar com o cálculo, sem elaborar o cálculo. Ou seja, o profissional diz a você que esse teu cliente vai ter aumento com 100% de certeza.

O cálculo é um somatório de fatores (salários de contribuição anteriores, valores e período, tipo de aposentadoria, fator previdenciário, coeficiente e muito mais).

Precisamos dos cálculos para nos certificarmos da viabiilidade do ingresso judicial ou não.

Dica 2: Mesmo o cliente tendo contribuído com o teto máximo durante todo o período de aposentadoria concedido pelo INSS, o valor da apoentadoria pode aumentar.

Essa sempre foi uma pergunta que me fizeram aqui na MH. Existem advogados que estão dentro de associações e muitos dos associados aposentados, tiveram contribuição sobre o teto.

Eu elaborei diversos cálculos, simulei inúmeros cenários, considerando DIBs e critérios de aposentadoria diferentes e posso dizer que certeza absoluta que, mesmo que a pessoa tenha contribuído com o teto de 07/1994 até a data da sua aposentadoria, este seu cliente, pode ter o valor do benefício melhorado com a revisão da Vida Toda.

Dica 3: Não é verdade que a maioria dos cálculos tem um valor de atrasados de aproximadamente R$ 10mil.

Temos realizados cálculos muito bons, alcançando cifras de mais de R$ 400 mil reais de atrasados, mas é claro que nem todos eles são nesse patamar, entretanto, em sua maioria, quando apuramos diferença, essa média é entre R$ 15.000,00 a 30.000,00 (sem juros de mora).

Imagine que você pega 100 clientes e tem honorários de 20% sobre êxito, então você tem R$ 600 mil reais, fora os honorários de sucumbência. Maravilhoso isso, não é mesmo?

São mais de 40 milhões de aposentadorias e benefícios que podem ser revistos. Não perca tempo, porque ao mesmo tempo que está lendo esse texto, outros advogados estão buscando formas de viabilizar a captação de beneficiários do INSS para faturar!

Dica 4: Usar sistemas para elaborar os seus cálculos, não é a melhor solução.

Dentro desses mais de 5000 cálculos que já elaboramos sobre a revisão da Vida Toda, muitos deles foram refazimentos de cálculos já ajuizados e elaborados pelos próprios advogados ou Peritos contratados que usaram sistemas de cálculo. Sempre digo, o sistema pode parecer vantajoso no primeiro momento, por ser mais barato, mas o que estáem jogo é muito mais importante do que economizar alguns poucos reais.

A verdade é, o que está em jogo é a SUA REPUTAÇÃO! Teu cliente tem uma expectativa, você advogado tem expectativa. Quem vai defender os teus cálculos feitos por sistema, quando o INSS impugnar teus cálculos? O sistema? Não…. você vai ter que fazer isso, mas você não sabe como foram elaborados por trás do que você vê, e quase que 100% dos advogados não detém esse nível de conhecimento e expertise, e é exatamente aí que a sua reputação está em jogo.

Você Advogado(a), deve fazer o que faz de melhor, que é o exercício do direito para os seus clientes!

Na MH Cálculos, esse é o nosso fundamento maior, dar tranquilidade para você advogar, entregando cálculos precisos e seguros, com alto nível de performance e resultados.

Fale conosco sobre esses cálculos. Temos condições especiais para fazer você ganhar muito dinheiro com a tese da Revisão da Vida Toda.

[/fusion_text]

Grande abraço,
Marlos.

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

O post O que 5000 cálculos da revisão da VIDA TODA me ensinaram (para Advogados) apareceu primeiro em Inegável Lógica dos Cálculos Judiciais.

Acesse o blog Inegável Lógica para conhecer mais conteúdos sobre cálculos judiciais.

Fonte

MH Cálculos - Fale com um Especialista
MH Cálculos - Fale com um Especialista

DEIXAR UMA RESPOTA

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui