TST: Tribunal institui Política de Gestão da Inovação 

0
25


Intenção é aprimorar processos de trabalho para aumentar eficiência na prestação jurisdicional





Ministro Emmanoel Pereira na assinatura do ato que institui a Política de Gestão da Inovação do TST





25/05/22 – O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Emmanoel Pereira, assinou, nesta terça-feira (24), ato que instituiu a Política de Gestão da Inovação. O objetivo é aprimorar e modernizar os produtos, os serviços e os processos de trabalho do TST, utilizando a cultura da inovação, da transformação digital e da desburocratização para aumentar a eficiência da administração pública e, consequentemente, da prestação jurisdicional às pessoas que buscam a Justiça do Trabalho.

“Muito além de mera utilização dos mais recentes avanços tecnológicos, a inovação é entendida como força motriz de constante renovação na permanente busca de aperfeiçoamento e compartilhamento de experiências, capacidades e conhecimentos”, afirmou o ministro.

Inovação

A Política de Gestão da Inovação no âmbito do TST foi elaborada a partir das diretrizes da Resolução 395/2021 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Lei 14.129/2021, que trata do chamado Governo Digital.

Para concentrar o desenvolvimento de ideias visando à implementação da política, o CNJ criou a Rede de Inovação do Poder Judiciário Brasileiro (RenovaJud), que contará com a participação de um magistrado e de um servidor como representantes da Justiça do Trabalho. 

Laboratório

No âmbito do TST, foi criado o Laboratório de Inovação, que será coordenado pela Secretaria de Governança e de Gestão Estratégica. O grupo contará com a participação voluntária, por indicação ou por convite de colaboradores, de unidades e de grupos de trabalho de diversas áreas do Tribunal para atuação em projetos ou em ações pontuais.

(JS/RT/CF)
 

$(‘#lightbox-ejvg_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var ejvg_autoplaying=false;
var ejvg_showingLightbox=false;
const ejvg_playPauseControllers=”#slider-ejvg_-playpause, #slider-ejvg_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-ejvg_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: ejvg_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
”,
nextArrow:
”,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
]
});
$(“#slider-ejvg_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});


Com informações da assessoria de imprensa do TST.

Fonte

MH Cálculos - Fale com um Especialista
MH Cálculos - Fale com um Especialista

DEIXAR UMA RESPOTA

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui