TST: TST-Saúde: hospitais Santa Luzia, Santa Helena e Coração do Brasil suspendem contrato

0
123


No entanto, atendimentos nessas unidades podem ser feitos por meio da Central Nacional Unimed

29/09/2023 – A suspensão começará a partir desta quarta-feira (4) e decorre de pedido unilateral feito pela Rede D’Or, proprietária dos hospitais Santa Luzia, Santa Helena e Coração do Brasil. Depois dessa data, o atendimento para beneficiários do TST-Saúde será feito apenas por meio da carteira da Central Nacional Unimed (CNU). 

O plano de saúde do TST esclarece que os atendimentos em curso nos hospitais acima identificados, como internações e demais procedimentos autorizados e já iniciados, serão mantidos. 

Atendimentos já autorizados pelo TST-Saúde, porém não iniciados, terão suas guias canceladas, de forma que o beneficiário deverá reiniciar o processo de autorização via Unimed ou buscar outras unidades hospitalares credenciadas ao Programa TST-Saúde. 

O TST-Saúde possui credenciamento vigente com os seguintes hospitais:

  • Home Hospital Ortopédico e Medicina Especializada Ltda;
  • Hospital Alvorada – Esho Empresa de Serviços Hospitalares S.A;
  • Hospital Anchieta Ltda.;
  • Hospital Brasília;
  • Hospital Maria Auxiliadora;
  • Hospital Santa Lúcia Norte (antigo Prontonorte);
  • Hospital Santa Lúcia;
  • Hospital Santa Marta Asa Norte;
  • Hospital São Francisco;
  • Hospital Sírio-Libanês – Unidade IV (Hospital Asa Sul);
  • Maternidade Brasília; e
  • Hospital Brasília unidade de Águas Claras.

(Secom)

Com informações da assessoria de imprensa do TST.

Fonte

MH Cálculos - Fale com um Especialista
MH Cálculos - Fale com um Especialista

DEIXAR UMA RESPOTA

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui