Meu olá hoje é em tom de agradecimento a todos os que dão uma passada por aqui de vez em quanto… chegamos recentemente a marca de 6000 assinantes no blog que gostam do conteúdo que escrevemos e eu fico muito feliz e honrado por isso, de coração muito obrigado! afinal quem não gosta de números, ainda mais um Perito em cálculos não é mesmo? hehe

Quero falar sobre uma situação simples, mas bem rotineira nos cálculos judiciais e que quando precisamos aí damos o verdadeiro valor…que é na questão de como capitalizar juros e descapitalizar.

Que tal, antes de entender todos os critérios e segredos desse cálculo aqui apresentados, você baixar nossa planilha modelo para facilitar ainda mais a absorção do conhecimento. Com fórmulas e muito mais. Basta clicar no botão abaixo 🙂

Baixar a PLANILHA

 

Um exemplo: Estou analisando um contrato bancário e no contrato diz que a taxa de juros mensal é de 1,35% a.m. e a taxa de juros anual capitalizada mensalmente equivale a 16,51% a.a. Como bom perito que me esforço para ser não vou confiar nessa informação e vou eu mesmo capitalizar os juros mensais para ver se a taxa anual pactuada e cobrada está de acordo com as informações contratadas, e para isso eu vou no excel e uso a seguinte fórmula:

=(1+TAXA DE JUROS)^12-1
* A taxa de juros já tem que estar formatada em porcentagem no excel.
* O símbolo “^” equivale ao exponencial, que nesse caso é como se fosse multiplicar (1+TJ)x(1+TJ)…x(1+TJ)  doze vezes.
* O (-1) é para encontrarmos apenas a porcentagem sem considerar o próprio valor.

tj-mensal

O resultado será uma taxa anual capitalizada mensalmente no importe de 17,46% ou seja, o banco está informando uma taxa anual e está cobrando uma taxa superior sem motivo algum, ou melhor, motivo deve ter não é mesmo? Viu como é fácil se posicionar frente a questões simples, mas que podem em algum momento dos cálculos  judiciais ser extremamente relevante. Se você quiser fazer o contrário, ou seja, temos a taxa anual capitalizada mensalmente e queremos descobrir qual a taxa de juros mensal descapitalizada, basta utilizarmos da seguinte fórmula:

=(1+TAXA DE JUROS)^(1/12)-1

Se pegarmos a taxa de juros anual contratada de 16,51% e descapitalizarmos ela, o correto seria o banco cobrar uma taxa de 1,28%, ou seja, menor do que ele está cobrando do tomador do empréstimo.

tj-descap

Espero sempre que este conhecimento seja útil no teu dia a dia, ou em algum momento de sua jornada profissional/pessoal.

Abraços e todos e ótima semana.
Marlos Henrique

MH Cálculos - Fale com um Especialista