Como vai pessoal, tudo bem ? espero que tudo ótimo…

Esse tema que vamos conversar hoje é recorrente em todos, TODOS os processos trabalhistas cuja demanda judicial versa sobre pagamento de horas extras, seja hora extra propriamente dita, horas intervalares, horas em domingos e feriados, adicional noturno, entre outros.

A primeira  coisa que devemos lembrar e nunca esquecer, é que todos os nossos cálculos deverão ser realizados com base nas decisões judiciais do processo (sentença e acórdãos), caso essas decisões sejam silenciosas quanto ao abatimento de horas extras pagas durante a contratualidade, nada abateremos ok? mesmo que estejamos convictos de que deveríamos deduzir as horas extras pagas… essa questão é matéria de direito e compete aos advogados das partes e não ao perito querer inovar no momento da execução, trazendo algo que não foi descrito nas decisões.

Agora, quando há a determinação judicial para abatimento das horas extras pagas, geralmente ela é deferida pelo critério mês a mês ou pelo critério global. É muito importante você saber exatamente como se calcula cada um deles para garantir números precisos ao seu cálculo, então vamos lá:

QUER SABER TUDO SOBRE CÁLCULOS JUDICIAIS?

Cadastre-se e tenha acesso exclusivo a todos os conteúdos do blog.

Não tem cadastro?

Quero me Cadastrar

Se você já se cadastrou, por favor, faça o login.

Login